terça-feira, 27 de junho de 2017

Pranto


Tem dia que dá
uma vontade de nada.
Sabe? Uma dor mal curada,
desinventando-se no ar...
 
Tem dia que eu
sinto ganas de distâncias,
solidão de ganâncias,
inexatidão de breu...


As vezes assusta
a cara de espanto
que sucede ao canto,

porque parece injusta!
Àquele que nos deu tanto,
só lhe damos este pranto??.... 

Um comentário:

  1. Liiiindo, Chico! Tem dias assim... (O visu do seu blog é ingalzim rs o meu)

    ResponderExcluir